Benefícios

Data Analytics: um novo aliado para as empresas

20 de fevereiro de 2020

Hoje em dia, é difícil encontrar alguma atividade humana que não produza uma enorme quantidade de dados ao ser desenvolvida, inclusive no ambiente profissional. Por isso, estima-se que 90% das empresas devem usar análise de dados até 2020, de acordo com uma pesquisa encomendada pela Atos, uma das maiores empresas do mundo nesse ramo.

Com essa prevalência dos dados dentro das empresas, o chamado Data Analytics ganha espaço e é cada vez mais aplicado, inclusive nos setores de recursos humanos. Para não ficar para trás, vamos explicar neste texto o que é essa ferramenta, qual a sua importância e como tirar proveito dela. Boa leitura.

O que é Data Analytics?

De forma bastante resumida, o conceito de Data Analytics pode sem compreendido como a utilização de uma grande quantidade de dados com determinada finalidade. Normalmente, a análise desses dados é empregada para sustentar tomadas de decisões mais precisas, o que eleva a eficiência da empresa.

O Data Analytics funciona em conjunto com outro termo muito utilizado ultimamente, principalmente no setor de tecnologia: o Big Data. Este refere-se ao grande volume de dados gerados atualmente, que precisam ser processados, armazenados e analisados de forma estruturada para que possam fazer algum sentido quando visualizados.

Existem diversas aplicações para essas ferramentas, algo que só tende a aumentar diante do crescente volume de dados coletados a cada minuto, uma vez que tudo o que fazemos deixa um rastro de informações valiosas para trás.

Normalmente, uma análise de dados segue diversas etapas: coleta, organização, desenvolvimento de algoritmos, visualização dos dados estruturados e elaboração de perguntas para a tomada de decisões. É possível, por exemplo, determinar qual a carência de determinado público-alvo ou ter uma indicação sobre qual a época do ano correta para investir em um novo produto.

Qual a importância da análise de dados para as empresas?

Atualmente, os dados são a maior fonte de conhecimento que a humanidade tem disponível. Mas nem sempre foi assim. Basta pensar, por exemplo, na previsão do tempo. Há algumas décadas, um agricultor que quisesse saber qual a expectativa de chuva nos próximos dias teria que contar simplesmente com sua intuição (ou, no máximo, com o seu poder de observação), para ter uma noção de quando a água cairia do céu.

Hoje em dia, satélites e computadores fazem esse trabalho com nível de satisfação razoável, principalmente em prazos curtos. Ou seja, a coleta de um grupo de dados permite responder uma pergunta (se iria ou não chover nos próximos dias) e, a partir disso, tomar as decisões pertinentes, com uma menor margem de erro.

Logo, a análise de dados permite transpor essa necessidade de confiar apenas na intuição ou na experiência e obter informações confiáveis, que identificam padrões, correlações e desvios no que está sendo analisado. Em outras palavras, a análise de dados é importante porque permite entender o que aconteceu, como aconteceu, o que está acontecendo e o que tem mais chances de acontecer em seguida.

Como essa análise de dados pode ajudar seu negócio?

Ampliar a capacidade de tomar decisões acertadas é o grande benefício das ferramentas de análise de dados. Mas como seu negócio pode se aproveitar disso em situações específicas? Veja abaixo.

Antecipação de tendências

Análises de dados feitas de forma precisa permitem que sejam percebidas quais tendências ganharão espaço em um futuro próximo, o que abre uma brecha para que seu negócio esteja preparado para elas e, com isso, conquiste um espaço maior do mercado.

Um exemplo simples: meses antes do Natal, é possível ter ideia de quais produtos estão sendo mais desejados e, a partir disso, fortalecer seu estoque desses itens e traçar ofertas que explorem seu potencial, tomando como base o comportamento do consumidor.

Prevenção de perdas

Dados também ajudam na identificação de problemas, que podem gerar perdas em diversos aspectos, inclusive financeiro.

A partir do momento em que o ponto com falha é percebido, fica mais fácil pôr em prática as ações necessárias para a sua correção, o que previne o agravamento da situação que não está saindo conforme esperado.

Melhoria na produtividade

A combinação de antecipação de tendências e prevenção de perdas colabora bastante com a melhoria na produtividade do seu negócio. Como o número de erros tende a ser menor, os colaboradores estarão disponíveis para desenvolver novas atividades e não ficar apenas corrigindo os erros cometidos.

Além disso, com a análise de dados é possível verificar quais colaboradores desempenham melhor suas funções, o que pode ser um bom parâmetro para distribuir bonificações e promoções.

Criação de melhores estratégias de marketing

Com dados sobre a preferência dos clientes em mãos, as campanhas de marketing podem ser desenvolvidas para estarem alinhadas a essas necessidades, o que aumenta a chance de que sua mensagem se converta em uma nova venda.

Evolução no relacionamento do cliente

Quer entender o motivo da insatisfação dos seus clientes? A análise de dados consegue indicar quais são os pontos problemáticas dessa relação e como isso está prejudicando sua reputação perante os consumidores.

Como as empresas têm usado o Data Analytics?

A utilização do Data Analytics pelas empresas pode variar de acordo com o segmento em que ela atua. Uma empresa do setor financeiro, por exemplo, consegue explorar os dados coletados para fazer análises de crédito mais precisas e assim diminuir o risco.

Já os comércios online, por exemplo, conseguem fazer recomendações de produtos melhores, que terão mais chances de serem convertidos em novas vendas. Internamente, o Data Analytics pode ser empregado pelos setores responsáveis pela administração financeira do negócio ou pela gestão de recursos humanos. De todo modo, mesmo os negócios menores conseguem aproveitar as vantagens dessas ferramentas.

Ao trabalhar com os dados coletados, é necessário tomar todas as precauções necessárias para que eles não vazem. Mantenha seu negócio dentro da legislação seguindo o que está previsto no Marco Civil da Internet e na Lei Geral de Proteção de Dados, conhecida como LGPD.

Em um mundo que troca informações de forma incessante, deixar a análise de dados de lado pode fazer com que seu negócio perca oportunidades promissoras e fique para trás da concorrência.

Quer entender por que a proteção digital deve ser prioridade na sua empresa? Confira neste outro post aqui do blog.