Linhas Financeiras

Você sabe a diferença entre assistência e cobertura de seguros? Confira agora!

9 de setembro de 2019

Uma dúvida muito comum para quem procura fazer um seguro diz respeito a assistência e cobertura. Afinal de contas, qual a diferença entre elas? Saiba que tanto uma quanto a outra são fundamentais para você aproveitar ao máximo os serviços descritos da sua apólice. Além disso, elas influenciam diretamente no valor final a ser pago pelo seguro.

Por essas razões, o melhor é entender exatamente o que elas significam e como funcionam. Assim, você vai poder fazer a melhor escolha de acordo com o que realmente precisa, seja para o seu automóvel, para o seu imóvel ou para a sua vida.

Neste post, vamos mostrar como a assistência e a cobertura funcionam em um seguro, abordando as principais diferenças entre elas. Confira!

O que é assistência?

A assistência engloba serviços que você pode incluir no seu contrato de seguro. Desse modo, ao contratar uma apólice para estar segurado pela sua cobertura, por meios dos sinistros contra os quais você quer estar protegido, também é possível usar uma série de serviços associados a esse contrato.

Portanto, digamos que você fez um seguro para o seu carro com proteção contra batidas, perda total e enchentes. Em tal caso, o seguro auto também pode abranger assistências como guincho e carro reserva.

E isso não vale só nos serviços para o veículo. Esse tipo de seguro também pode envolver benefícios para sua casa, como encanador, eletricista e chaveiro. Todos esses serviços são considerados assistências.

É importante ressaltar que, caso o seu chuveiro elétrico queime e você use a assistência do seguro para chamar o eletricista, isso não envolve nenhum tipo de ressarcimento.

Essa, inclusive, é a grande diferença entre assistência e cobertura. Enquanto a cobertura de uma apólice de seguro paga pela perda do segurado, a assistência consiste apenas na prestação de um determinado serviço.

O que é cobertura do seguro?

A cobertura de um seguro equivale ao conjunto de sinistros contra os quais o segurado quer ser indenizado, caso o evento relativo ao seguro venha a ocorrer. Por exemplo, digamos que você contratou um seguro para o seu imóvel contra assaltos e incêndios. Se a sua casa pegar fogo ou for assaltada, você será ressarcido de acordo com os valores e cláusulas que constam no seu contrato.

Já um seguro de vida pode ter cobertura contra morte natural, morte acidental ou acidente de trabalho. Dessa forma, o segurado tem cobertura para todos esses eventos. Caso seu caro seja roubado, o seu seguro auto com cobertura contra roubo pagará o valor acordado na apólice.

Como definir a cobertura e assistência necessárias ao fechar um seguro?

Para fazer a melhor escolha, você precisa analisar o seu estilo de vida. Assim, saberá quais são as suas necessidades específicas. No seguro auto, é uma boa ideia contratar assistências como guincho e carro reserva. Outras opções são reparos de vidros e lanternas.

Se você é responsável pela manutenção do seu imóvel e não entende nada de hidráulica e elétrica, dá para economizar incluindo esse tipo de assistência na sua apólice.

Agora que você já entendeu a diferença entre assistência e cobertura, ficou mais fácil contratar um seguro que cubra exatamente o que você precisa nesses dois quesitos, não é mesmo? As coberturas protegem você financeiramente, enquanto as assistências trazem economia e praticidade.

Quais tipos de assistência e cobertura não podem faltar no seu seguro? Deixe seu comentário aqui embaixo e conte para nós!