Benefícios

A relevância da pesquisa de clima organizacional no engajamento dos colaboradores

20 de fevereiro de 2020

Um bom ambiente de trabalho é composto por diversos fatores, como uma boa comunicação, condições físicas adequadas e o bem-estar dos colaboradores. É preciso cuidar para manter os profissionais satisfeitos, compreendendo suas necessidades e motivações. Nesse sentido, a pesquisa de clima organizacional é uma ferramenta valiosa.

Seu uso permite criar estratégias mais eficientes e assertivas para a empresa, favorecendo os funcionários e seu desempenho. No artigo de hoje, vamos explicar a importância desse instrumento, não apenas para o setor de RH mas para a empresa como um todo, além de dicas para sua aplicação. Se você quer saber mais sobre esse assunto, não deixe de ler!

Quais são os objetivos da pesquisa de clima organizacional?

De modo geral, esse tipo de pesquisa busca identificar a forma como os colaboradores percebem diferentes aspectos do seu ambiente de trabalho. Ela pode nos dizer, por exemplo, como eles enxergam as interações com os colegas e com a gestão, as práticas corporativas, o seu dia a dia na empresa, os benefícios e as demais condições oferecidas.

Esse recurso pode ser realizado com todos os profissionais da empresa ou apenas com algum grupo, como uma equipe. Além disso, é possível direcioná-lo a setores mais específicos, para melhor compreensão dos mesmos. Assim, a finalidade de cada pesquisa vai depender muito da sua demanda e de suas necessidades.

Seja como for, aplicá-la de forma geral, com todos os colaboradores e tratando de diversas questões que compõem a empresa, é essencial e deve ser realizado periodicamente. Você vai entender os motivos disso a seguir.

Qual a importância de realizar a pesquisa de clima organizacional?

Os colaboradores são o principal recurso de uma empresa, portanto, cuidar deles é algo fundamental. Com isso, não estamos apenas promovendo vantagens, mas também favorecendo os resultados e o fluxo da organização. A pesquisa de clima organizacional é uma ferramenta que nos permite otimizar esse cuidado e fortalecer nossa empresa, contribuindo até mesmo para os resultados financeiros.

A satisfação com o ambiente de trabalho e com a própria empresa faz toda a diferença para o engajamento e a produtividade. Profissionais insatisfeitos se tornam desmotivados, e isso afeta o seu desempenho, além de poder ampliar as taxas de rotatividade e de absenteísmo.

A pesquisa, nesse sentido, vai buscar identificar o que está prejudicando a motivação, apontando também caminhos para aumentá-la. A partir desses resultados, é mais fácil bolar as estratégias certas, que melhorem o dia a dia e a satisfação dos seus funcionários. Podem ser obtidos, então, benefícios variados, como o aumento da retenção de talentos, menores índices de faltas e atrasos e melhoras nos resultados das equipes.

No que diz respeito às vantagens para os colaboradores, a pesquisa ajuda a identificar ações que contribuirão para sua motivação, seu bem-estar e sua qualidade de vida no trabalho. Ela pode apontar, por exemplo, a necessidade de se promover a saúde física ou mental ou de se trabalhar as relações interpessoais. Os aspectos contemplados podem ser os mais diversos, desde a forma de os líderes se comunicarem e se posicionarem até o oferecimento de melhores planos de carreira.

Por fim, mas não menos importante, destacamos um benefício competitivo que essa ferramenta é capaz de trazer para o seu negócio, desde que seja bem utilizada: o selo GPTW. Essa identificação é um forte diferencial para a sua marca, dando a você destaque no mercado. Por falar nesse assunto, nós, da Alper Seguros, também temos a nossa certificação fornecida pela empresa Great Place To Work, que nos considera, de acordo com nossos colaboradores, uma excelente empresa para se trabalhar!

Como realizar a pesquisa de clima organizacional na empresa?

Agora que já falamos da importância desse instrumento, vamos dar algumas dicas para as suas pesquisas de clima organizacional. Fique de olho para elaborá-las e utilizá-las adequadamente, para otimizar seus resultados. Vamos lá?

Planejamento da pesquisa

Para evitar problemas durante sua aplicação e análise, a pesquisa precisa ser bem planejada. É preciso definir claramente o seu objetivo, ou seja, o que ela quer saber, o que se pretende analisar. Além disso, é necessário definir o formato (perguntas abertas, de múltipla escolha ou mistas, por exemplo), os meios de aplicação (físicos ou digitais) e os participantes (toda a empresa ou um grupo específico).

É importante identificar quais indicadores devem ser avaliados. Alguns exemplos comuns incluem as opiniões sobre horários, a quantidade de trabalho, a comunicação interna, os impactos da liderança e o ambiente físico da empresa. Para saber o que deve ser contemplado e analisado, é preciso entender as demandas e os objetivos da pesquisa.

É interessante pedir a ajuda das lideranças e do corpo executivo para esse passo. Assim, você e sua equipe ficam sabendo a opinião deles sobre quais são as necessidades e quais são as melhores opções de aplicação. Esse planejamento deverá ser utilizado durante a aplicação e a análise dos resultados, para orientar sobre as finalidades da pesquisa.

Aplicação e comunicação

É fundamental deixar claro para os colaboradores que suas respostas não os colocarão em problemas e, portanto, eles podem ser sinceros. Explique como isso é importante para a empresa (e para eles) e incentive sua participação. Uma boa ideia é permitir que as respostas sejam anônimas, pois isso passa mais segurança para que eles sejam francos.

A realização da pesquisa, assim como a explicação da sua importância, deve ser comunicada com antecedência para os participantes. Durante todo o processo, se mantenha paciente e aberto para responder dúvidas que aparecerem. Após a análise dos resultados, também é preciso comunicá-los aos colaboradores e informá-los sobre as medidas que a empresa pretende tomar para gerar melhorias. Dessa forma, você se mantém fiel ao princípio de transparência.

Para finalizar, lembramos que os resultados da pesquisa devem ser coletados e analisados adequadamente, para levar na direção das melhores alternativas de melhorias. Esse tipo de pesquisa precisa ser aplicado periodicamente, para que se acompanhe a real eficiência das decisões tomadas.

Esperamos que você tenha gostado de conhecer mais sobre a pesquisa de clima organizacional! Agora, que tal conhecer nossas dicas para uma gestão de benefícios mais estratégica? Essa é mais uma forma de cuidar da satisfação de seus colaboradores!