Benefícios

Descubra como fazer uma boa gestão de planos de saúde

22 de julho de 2021

Uma boa gestão de planos de saúde não é um processo tão natural quanto parece. Aliás, em um primeiro momento, talvez você pense que não é obrigatório oferecer tal benefício a seus colaboradores. Entretanto, trata-se de uma forma de promover a motivação e estimular o controle preventivo de eventuais problemas de saúde.

A partir do momento que você decide oferecê-lo, novas perguntas surgem, normalmente relacionadas à escolha do serviço. Afinal, qual operadora, modelo de plano e cobertura escolher? Além disso, após a escolha e a contratação, uma série de fatores entram em cena, pois o que está em jogo é muito mais do que apenas finanças: estamos falando da saúde dos seus colaboradores.

Se você deseja entender melhor a importância da gestão de planos de saúde em sua empresa, acompanhe este post especial que preparamos sobre o assunto.

Afinal, o que é a gestão de planos de saúde?

A gestão de planos de saúde consiste em conhecer e entender exatamente os investimentos que esse benefício demanda da sua empresa. Muitas vezes, não se trata apenas de lançar valores em uma planilha. O gestor precisa pensar em um plano que seja financeiramente interessante para a sua empresa e que, ao mesmo tempo, atenda às necessidades dos seus colaboradores.

Também é preciso considerar se a rede credenciada é acessível aos trabalhadores. Isso envolve observar o local de residência dessas pessoas e os meios que elas têm para se locomoverem, bem como se a cobertura oferecida é condizente com o perfil e as necessidades delas.

Por que a gestão de planos de saúde é tão importante?

Assim como todas as questões financeiras, esse item é relevante no balanço final da empresa. Antes de qualquer coisa, é importante entender que um único tópico que sai do controle da gestão pode impactar toda a análise produtiva e, consequentemente, o planejamento da empresa.

Da mesma forma, não faz sentido oferecer um benefício que não seja, de fato, efetivo. Se o que você deseja é aprimorar a qualidade de vida dos seus colaboradores, procure oferecer a eles um serviço de saúde que realmente faça a diferença.

Como otimizar essa gestão?

Pode ser que você se pergunte como otimizar a gestão de planos de saúde em sua empresa. Embora não exista uma fórmula pronta, capaz de resolver os problemas de todo gestor, há dicas que podem ajudar. Listamos abaixo algumas delas.

Negocie

Você compraria matéria-prima ou um equipamento do primeiro fornecedor que bateu à sua porta? Fecharia um contrato grande, sem sequer cogitar uma negociação de valores e condições de pagamento? Provavelmente, não. Então, por que seria diferente em relação à contratação de um plano de saúde para seus colaboradores?

Queremos dizer que a negociação faz parte de uma boa gestão de planos de saúde. Não se envergonhe de conversar com o corretor sobre valores e condições estabelecidas. É a partir desse tipo de diálogo que vocês poderão chegar a condições que sejam interessantes para a empresa, para o colaborador e para a operadora do plano escolhido.

Preste atenção ao contrato

Se contratos pessoais simples precisam ser lidos com calma antes da assinatura, o que dizer da contratação de um serviço a longo prazo para a empresa? Por essa razão, leia atentamente todas as cláusulas do contrato e não hesite em tirar dúvidas.

Muitas vezes, um mal-entendido pode resultar em despesas não esperadas para a organização. Além disso, itens como cobertura, carência e procedimentos para acesso ao atendimento precisam ser conhecidos. Você deve estar apto a tirar todas as dúvidas da sua equipe quanto ao plano oferecido, e convencido de que escolheu a melhor solução.

Pesquise

Fechar um contrato de plano de saúde demanda pesquisa. Se você pesquisa preços e qualidade de matéria-prima e suprimentos, por que seria diferente com esse benefício? Leve em conta que existe uma grande variedade de preços e modelos de cobertura no mercado, e pode ser que algumas opções não atendam às suas necessidades.

Outro ponto importante: é claro que os valores contam bastante, mas não se prenda a eles. A dica é buscar uma operadora no mercado que ofereça um equilíbrio. Isto é, um plano que realmente atenda às necessidades dos beneficiários, sem que isso implique um custo muito alto para a sua empresa.

Faça um controle periódico

Como dissemos acima, planos de saúde podem sofrer variações de valores de um mês para outro, dependendo de quantos colaboradores estão inclusos. A mudança de faixa etária costuma ser a razão de maior incidência de reajustes. Além disso, caso o benefício se estenda às famílias, filhos podem ser inclusos assim que nascerem.

Mudanças na cobertura da operadora também precisam ser consideradas. O corte de hospitais e laboratórios da rede credenciada pode dificultar o acesso dos colaboradores ao serviço. Caso isso aconteça, talvez seja hora de avaliar se não é o momento para trocar de plano.

Vale a pena terceirizar o serviço?

Existem empresas especializadas em seguros que podem ajudar você desde a escolha que antecede o fechamento até o gerenciamento mensal dos planos de saúde. Confira, a seguir, as principais vantagens de terceirizar esse serviço.

Serviço especializado

Imagine-se diante de uma lista de opções de planos de saúde, precisando definir qual a melhor para seus colaboradores, sem oportunidade de conhecer cada uma a fundo. Há grandes chances de você não fazer a escolha ideal.

Uma empresa especializada conta com profissionais que já têm experiência no assunto e, portanto, essa pesquisa fluirá de maneira bem melhor. Sem contar que eles estão acostumados a gerir planos de saúde, o que facilita o acompanhamento de variantes, como despesas inclusas, carências, potenciais reajustes e mudanças na área de cobertura.

Redução de custos

Conhecer o serviço que está sendo contratado também resulta na eliminação de custos desnecessários. Sendo assim, consultores especializados são capazes de aconselhar o gestor a contratar somente os itens de sua necessidade e pagar um valor justo por eles.

Otimização de processos

Você, como gestor, pode encontrar algumas dificuldades em acompanhar as variações que envolvem o serviço. A fatura precisa ser analisada a cada mês, e as alterações devem ser comparadas ao quociente do aumento. Em vez de você perder muito tempo na tentativa de fazer a conta fechar, uma empresa especializada pode se encarregar dessa tarefa, em menos tempo e com a propriedade de quem conhece a fundo o que está fazendo.

Por mais que haja certa complexidade na gestão de planos de saúde, um trabalho bem executado faz toda a diferença nos resultados da sua empresa. Contratar um serviço terceirizado funciona como um investimento aliado à produtividade e, portanto, merece a devida atenção dos gestores.

Este post foi útil para você? Então não deixe de compartilhá-lo em suas redes sociais!