Gestão

Saúde mental no trabalho: 5 ações para melhorar a qualidade de vida do colaborador

17 de setembro de 2021

Depressão, ansiedade e burnout são apenas alguns dos transtornos que podem atingir pessoas de qualquer sexo, ocupação ou faixa etária. Esse tipo de doença tem consequências sérias, compromete demais a qualidade de vida e pode até mesmo levar à incapacidade, impedindo que a pessoa desenvolva suas atividades diárias de forma plena e satisfatória.

E o que as empresas têm a ver com isso? Bastante coisa, já que esses ambientes podem atuar tanto para afetar psicologicamente alguém, quanto agir para promover melhores condições de saúde mental no trabalho. Então aproveite e confira ações práticas para que esse tópico tão importante seja prioridade.

1. Invista nos funcionários e os reconheça

A qualidade de vida, de forma geral, é termo que designa a percepção do indivíduo em relação aos seus objetivos, expectativas e preocupação. Ela envolve o acesso a itens básicos (como saúde, alimentação e saneamento) e também o bem-estar físico, emocional e espiritual. Ou seja, não é possível falar de qualidade de vida sem falar de saúde mental.

Dentro das empresas, a qualidade de vida deve ser compreendida como a preocupação sistemática com a saúde (física e mental) dos colaboradores enquanto eles desenvolvem suas atividades.

E isso vai desde a prevenção de doenças, implementação de melhorias no ambiente de trabalho e promoção de programas de gestão de saúde, entre outros aspectos que possam colaborar para o oferecimento de condições mais saudáveis para o desenvolvimento das tarefas.

Assim, um bom ambiente de trabalho deve garantir aos funcionários conforto e segurança para que eles possam desenvolver as atividades exigidas da melhor forma possível. Sem isso, eles podem se desmotivar, perder o entusiasmo e até mesmo sofrer danos à saúde mental, o que ninguém deseja.

A primeira medida que deve ser tomada para elevar a qualidade de vida no trabalho é o investimento nos funcionários. Isso pode ser feito, por exemplo, oferecendo treinamentos e cursos, que os tornarão mais aptos para lidar com as diferentes adversidades que podem surgir na rotina de trabalho. Essa proposta fomenta a produtividade e a constante evolução, o que também traz ganhos de satisfação

Outra forma de investir nos funcionários é prestando o devido reconhecimento sempre que isso for pertinente. E existem várias maneiras de fazer alguém se sentir reconhecido no trabalho. Elogios, gratificações, planos de benefícios (com planos de saúde e seguros, por exemplo) e progressões na carreira são apenas algumas das formas de premiar bons desempenhos e manter a motivação em alta.

2. Crie um ambiente de trabalho saudável

Vários aspectos podem comprometer o ambiente de trabalho e transformá-lo em um local prejudicial à saúde mental e, por consequência, à qualidade de vida. Metas exageradas, ausência de lideranças claras, falta de propósito nas ações, excesso de competitividade e volume desproporcional de trabalho são alguns dos quesitos que comprometem o quão saudável aquele local é para o exercício profissional.

Por isso, o ideal é que o ambiente de trabalho seja um local colaborativo, com as cargas de atividades distribuídas de forma justa, para que todos tenham tempo na sua rotina para se dedicar a outras tarefas e descansar de forma apropriada.

Além disso, o espaço físico do local de trabalho também deve ser pensado de forma estratégica. Para isso, é importante que ele esteja sempre limpo, climatizado e bem ventilado, sem distrações e com móveis com a ergonomia correta. Ouça os funcionários e veja quais melhorias eles sugerem.

Lembre-se sempre de que o time de colaboradores passará pelo menos 8 horas diariamente naquele espaço. Com isso, um ambiente de trabalho inadequado, seja pela tensão ali presente ou pela disposição física inadequada do local, certamente prejudicará a qualidade de vida de todos.

3. Considere flexibilizar a jornada

Foi-se o tempo em que a jornada de trabalho era considerada inflexível. Pelo contrário, aos poucos, fica cada vez mais claro que oferecer flexibilidade para compor o horário para se dedicar às atividades é um componente importante na melhoria da qualidade de vida.

As razões para isso são muitas: quem têm filhos, por exemplo, pode querer passas mais tempo com eles pela manhã ou ir buscá-los na escola no final do dia. Já quem mora nas grandes cidades talvez prefira se deslocar até o trabalho fora do horário de pico.

Dessa forma, cabe a empresa observar essas variáveis e pensar em soluções junto aos funcionários, de acordo com a rotina de cada um. Nessa hora, o home office (em regime parcial ou integral) também pode entrar na equação.

4. Proponha ações de integração

Ainda que cada funcionário tenha suas particularidades e seu modo de conduzir as atividades, fazer com que eles estejam integrados à empresa e à equipe ajuda na melhoria da qualidade de vida e amplia o engajamento no desenvolvimento das atividades.

Isso não significa que todos precisem ser melhores amigos, mas ajuda se cada um agir com respeito, empatia e priorizar uma boa comunicação. Além disso, tal integração permite que todos se vejam compartilhando o mesmo objetivo e consigam estabelecer relações de confiança que permitam partilhar obrigações sem receio. Para melhorar a integração, realize reuniões semanais e confraternizações em ocasiões especiais ou datas comemorativas.

5. Mantenha canais de feedbacks e de comunicação

A gestão adequada de feedback e a manutenção de canais de comunicação que estejam abertos aos diálogos são duas soluções que devem sempre atuar em paralelo.

Os feedbacks devem ser sistemáticos e ressaltar os pontos positivos e negativos de todos os membros da equipe. Uma boa forma de fazê-los é por meio do método sanduíche: primeiro são feitos os elogios, depois as críticas e, por fim, novamente os pontos de destaque.

Além disso, ao mesmo tempo em que empresa deve comunicar suas ações e intenções de forma clara, ela deve estar sempre aberta a ouvir o que os funcionários têm a dizer, o que inclui sugestões de melhorias e o relato de problemas internos. Nesses casos, o espaço para essas mensagens deve garantir o sigilo e a garantia de que a demanda será analisada.

A garantia da qualidade de vida dos colaboradores passa por uma visão completa do que se passa na empresa, já que muito do que acontece nesse ambiente afeta a saúde mental no trabalho. Por isso, quem gere pessoas deve estar atento às suas demandas e sempre procurar melhores soluções para que todos se sintam confortáveis e satisfeitos.

Os seguros são uma excelente forma para garantir a tranquilidade dos seus colaboradores. Por isso, considere incluir esse benefício entre aqueles oferecidos aos funcionários. Para isso, conte com a ajuda da Alper Seguros, entre em contato agora mesmo.