Benefícios

Absenteísmo no trabalho: conheça as causas e como evitar

6 de setembro de 2019

Saber o que é oabsenteísmo no trabalho e os motivos pelos quais ele ocorre é fundamental para a implementação de uma gestão consciente e bem alinhada com a realidade da administração da empresa.

Esse hábito nocivo para a produtividade da companhia pode comprometer de forma significativa o desenvolvimento das atividades cotidianas e, consequentemente, a lucratividade dos negócios. Então, é preciso tomar medidas para corrigi-lo da melhor maneira e no menor tempo possível.

Neste artigo, vamos falar sobre o tema e apontar caminhos para combater esse problema que prejudica a produtividade e a rotina de uma organização. Continue a leitura e fique por dentro!

O que é absenteísmo?

Também conhecido como “ausentismo”, o absenteísmo corresponde à prática de o colaborador abandonar habitualmente os seus deveres. Como dissemos, essa atitude prejudica a realização das atividades diárias de uma empresa.

O absenteísmo pode se manifestar na forma de atrasos frequentes (de modo que o trabalhador não consegue cumprir a carga horária determinada) ou até mesmo na falta ao trabalho (justificada ou não). Também se dá quando acontecem saídas antecipadas, em que o colaborador vai embora antes do fim do horário de expediente.

Essas faltas, no entanto, não têm nenhuma ligação com licenças, doenças, férias ou desemprego. Existem diversos motivos para o absenteísmo, e estes são tanto temporários quanto permanentes. De toda forma, o ideal é identificar cada situação e buscar entender as causas, a fim de eliminá-las o quanto antes.

Quais as consequências do absenteísmo para uma empresa?

Quando um funcionário falta ou se atrasa com certa frequência, o desempenho da empresa fica comprometido. As atividades que cabiam a ele têm que passar para os demais componentes da equipe ou, pior, deixam de ser feitas.

Essa situação prejudica bastante o ambiente de trabalho e provoca acúmulo de funções. Resultado? Profissionais desmotivados e sobrecarregados. Além disso, entre as principais consequências do absenteísmo para uma empresa estão:

  • dificuldades operacionais nas atividades cotidianas;
  • piora no clima organizacional da empresa;
  • desconforto entre os profissionais da equipe;
  • não cumprimento das metas estabelecidas pela empresa;
  • queda no rendimento de cada colaborador;
  • queda na qualidade dos produtos e serviços oferecidos ao cliente.

Esse cenário se agrava mais ainda em empresas menores, nas quais o quadro de colaboradores é enxuto e cada pessoa é essencial para o andamento dos projetos.

Como calcular o índice de absenteísmo no trabalho?

No âmbito empresarial, o absenteísmo pode ser calculado a partir de uma fórmula que divide o tempo perdido (devido à ausência do colaborador) pela soma das horas previstas que ele deve cumprir para completar sua carga horária, multiplicado por 100. Achou complicado? Explicaremos didaticamente:

ABSENT = tempo perdido devido a faltas / horas normais de trabalho × 100

O cálculo considera o período analisado e não inclui as horas extras nas horas normais, tampouco os períodos em que foram realizados treinamentos externos.

Quais os possíveis motivos para o absenteísmo?

Ele ocorre por uma série de razões. Logo, é necessário conhecer o quadro profissional da empresa não só para evitar que o problema aconteça, mas também para acertar na seleção de futuros profissionais. Veja agora quais são as causas mais comuns do absenteísmo no trabalho!

Problemas pessoais

Quando o colaborador apresenta algum problema pessoal, isso pode ter reflexo direto sobre seu desempenho profissional. Portanto, é preciso se atentar a esse tipo de situação e auxiliar da melhor maneira possível, sempre tendo o cuidado para não invadir o espaço de cada pessoa.

Questões da empresa

Insatisfações com a rotina de trabalho ou mesmo com a maneira como a empresa é conduzida podem gerar desmotivação no funcionário. A queda no desempenho e o absenteísmo são apenas algumas das consequências.

Mas dá para minimizar o problema por meio de uma boa gestão de pessoas, na qual os colaboradores tenham liberdade para opinar e se sintam parte importante da equipe.

Falta de comunicação

Ruídos na comunicação podem gerar o absenteísmo e, por consequência, comprometer parcial ou totalmente a estratégia estabelecida. Para evitá-los, o ideal é instituir uma comunicação clara e direta, em que todos os envolvidos entendam seu papel e a relevância de seu serviço para o sucesso de todo o grupo.

Quanto mais consciente o colaborador estiver, maiores as chances de ele se envolver e realizar suas tarefas com mais qualidade. Os resultados são um ambiente de trabalho mais agradável e uma equipe mais disposta e compromissada.

Erro de perfil

Acertar na escolha de profissionais que atendam ao perfil esperado pela equipe é fundamental para evitar problemas como o absenteísmo. Sendo assim, é preciso desenvolver processos seletivos alinhados com os objetivos da organização e optar por candidatos que se encaixem nas exigências e expectativas que ela tem.

Com um setor de RH eficiente, é possível alcançar bons resultados e colher os frutos das decisões acertadas.

Como combater o absenteísmo?

Não existe uma fórmula mágica que faça o absenteísmo desaparecer de repente, até porque as pessoas são diferentes e cada ambiente empresarial tem suas peculiaridades. Para evitar que esse tipo de problema ocorra, o melhor caminho é conhecer bem o próprio negócio, assim como as necessidades do seu quadro profissional.

Manter as equipes motivadas também conta muito nesse aspecto. É interessante investir em ações que gerem envolvimento entre o colaborador e a empresa. Por exemplo, premiações por produtividade, metas a serem cumpridas e bônus salarial de acordo com a lucratividade alcançada em determinado período.

Até mesmo medidas mais simples, como reconhecimento pelo bom trabalho realizado diariamente, dão um ânimo a mais ao profissional. O importante é que ele se sinta parte da equipe, vista a camisa da empresa e entenda que o sucesso do grupo depende da colaboração de todos.

Como vimos, um passo crucial para evitar o absenteísmo no trabalho é identificar as razões para o aparecimento dele. Com um olhar sincero e uma análise realista, é possível fazer uma gestão de pessoas que lide com a situação com o cuidado e a competência necessários.

Gostou do conteúdo? Então, compartilhe-o em suas redes sociais para que mais pessoas tenham acesso a ele e, assim, combatam o absenteísmo no trabalho.